Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 20 de outubro de 2020.
 
Unicesumar delega responsabilidades técnicas de aulas EAD para seus professores

O Sinpes recebeu denúncia de que professores da Unicesumar estariam sendo obrigados a migrar para a modalidade de Ensino a Distância (EAD), sem receber nenhum tipo de treinamento.

Frente à necessidade de isolamento social para se evitar a transmissão do Covid-19, docentes de universidades privadas estão trabalhando de maneira remota, no chamado teletrabalho.

O EAD é uma modalidade que demanda particularidades como gravações de áudio e vídeo com maior qualidade e o uso de um roteiro pré-determinado. Para isso cumpre às instituições de ensino superior oferecerem o suporte técnico necessário aos professores para o desempenho das atividades a contento e assumirem o custeio das mesmas.

Segundo foi comunicado ao Sinpes, além da Unicesumar não oferecer nenhum suporte e nenhum treinamento para as novas atividades nem custear as despesas adicionais que os professores estão tendo com o ensino à distância, teria estabelecido quesitos para que os professores sejam avaliados pelos alunos nessas novas funções. Entre eles estariam questionamentos ligados à qualidade técnica de imagem e de som, bem como de estrutura de ambiente onde as aulas serão gravadas.

O Sindicato destaca que, agindo dessa maneira essa instituição de ensino superior comete ilegalidade flagrante, afrontando o estabelecido pelo artigo 2º da CLT. Isto porque delega aos professores responsabilidades técnicas que são da empregadora, transferindo para os trabalhadores os riscos do negócio que deveria assumir.

O Sinpes entrou em contato com a Unicesumar solicitando uma nota que esclarecesse os fatos trazidos pela denúncia, entretanto, até a publicação desta matéria, não tínhamos recebido resposta.