Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 19 de junho de 2019.
 
Sucesso no Primeiro Dia de Greve da Facel

Foi coroado com sucesso o primeiro dia de greve por tempo indeterminado, deflagrada pelos professores da FACEL na última quarta-feira, dia 14/06/2017.

Uma única professora “furou” a paralisação sob a justificativa de que “precisava” aplicar prova final aos seus alunos. Considerando-se que o movimento envolve cerca de 50 professores, é de se concluir que houve uma adesão de 98% dos docentes mobilizados, o que representa um percentual bem acima da média.

Até o momento, a Instituição de Ensino Superior não ofereceu nenhuma resposta para a pauta de reivindicações encaminhada na segunda feira, com o seguinte teor:

1 – Pagamento integral de salários, 13º’s salários, Férias, Terço de Férias e FGTS em atraso;  

2 – Melhoria na estrutura da Instituição no que tange a instrumentos de trabalho tais como Computadores, Wi-Fi, Campo de Estágio para os discentes e reposição de material de uso diário;

3 – Implantação de um sistema de segurança por parte da IES, tendo em vista a ocorrência de assaltos nas proximidades.

Procurada, a advogada que vinha negociando com o sindicato respondeu em tom agressivo e arrogante que, quando tivesse alguma coisa para propor, ela mesma telefonaria para o SINPES.

Na terça-feira, dia 13/06/2017, a entidade sindical recebeu uma interpelação extrajudicial exigindo a lista de presenças dos que participaram na Assembleia que deflagrou a greve sob o pretexto de aferir a regularidade da deliberação. Como os estatutos do SINPES não estabelecem quórum para deflagração de greve em segunda convocação, o sindicato encaminhou cópia da publicação do edital de convocação e da ata (que não cita nominalmente nenhum professor) evidenciando a regularidade do movimento sem fornecer subsídios para retaliações.

A falta de argumentos da FACEL é tamanha que, até a Polícia Militar foi chamada numa tentativa desesperada de retirar da via pública, o caminhão do sindicato por “antecipação”. Por suposto que o Sinpes, calejado com patrões que não cumprem suas mais elementares obrigações e ainda querem “ter razão”, não se intimidou.

Em assembleia designada para o dia 21/06/2017, às 19h00, no Hotel Roochelle, a categoria deverá avaliar o cumprimento das exigências formuladas, bem como eventual contraproposta porventura encaminhada pela FACEL, oportunidade em que será deliberado o prosseguimento ou não da greve.

O Sinpes convoca Professores, Alunos e Auxiliares de Administração Escolar da FACEL para Assembleia Geral designada para o dia 21/06/2017, garantindo, aos docentes, direito de voz e voto e, aos demais, direito de voz.

Diretoria do Sinpes.