Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 20 de outubro de 2020.
 
Sinpes, professores e estudantes se unem para evitar desmonte do Unicuritiba

Diante da iniciativa do Grupo Ânima, conglomerado educacional que comprou o Unicuritiba no final de 2019, de implementar à fórceps uma nova matriz curricular que suprime a carga horária em diversos cursos de graduação, além de um edital de Processo Seletivo de Professores que prejudica gravemente a categoria, o Sinpes e os estudantes do Unicuritiba somam esforços em ações conjuntas na defesa da qualidade da educação oferecida pela instituição e na garantia de direitos do corpo docente.

Na última sexta feira (26), o sindicato realizou uma reunião online com estudantes do Unicuritiba. No encontro, quando participaram centenas de estudantes, os alunos e alunas puderam externar suas preocupações quanto à nova matriz curricular e quanto ao receio relacionado à extinção de bolsas estudantis. E pediram para que os professores não desistam de lutar por um ensino de qualidade, porque isso enfraqueceria todo o esforço e mobilização que eles têm feito no sentido de preservar o modelo curricular. Os alunos afirmaram que estão ao lado dos professores em nome de um ensino de qualidade e em defesa de condições dignas de trabalho.

Ainda na sexta feira, Sinpes e estudantes lançaram a campanha “70 anos destruídos em 07 meses?”. A ação busca dar visibilidade, por meio de redes sociais e da cobertura midiática, à luta para manter direitos e empregos dos docentes e também a qualidade do ensino do Unicuritiba que, ao completar 70 anos de história, passa por momentos incertos já nos primeiros sete meses de gestão do Grupo Ânima.

Na manhã desta segunda feira (29) o Sinpes voltou a se reunir com o corpo estudantil, desta vez representado por integrantes do Centro Acadêmico Paula Bonomini (CARI), do Diretório Acadêmico Clotário Portugal (DACP), do Diretório Central dos Estudantes (DCE) e do movimento Resiste Unicuritiba. Na reunião as acadêmicas presentes reiteraram o apoio à luta dos professores e destacaram novamente suas apreensões diante das mudanças impostas pelo Grupo Ânima que trarão perda de qualidade em cursos ofertados pela instituição.

Lideranças sindicais e estudantis voltarão a se reunir na próxima quarta-feira, 11h para trocarem ideias sobre o andamento da mobilização.

Às 17h de segunda-feira os professores da Unicuritiba reuniram-se em concorrida assembleia geral para decidir quais os passos a serem dados diante do silêncio do grupo Ânima acerca da proposta de negociação coletiva a propósito das mudanças que se pretendem implementar.

Na pauta estava a possibilidade de deflagração de greve por tempo indeterminado com o objetivo de suspender os efeitos do Edital de Seleção de Professores e da implementação das Unidades Curriculares que, ao ver de professores e alunos constituem instrumentos de precarização do ensino e das relações de trabalho.

Em face de reunião convocada pelo Ministério Público a pedido do Sinpes, designada para o dia 30/06/2020 às 14h, os professores deliberaram manter a assembleia convocada por tempo indeterminado postergando a votação atinente eventual declaração de greve para a próxima quarta-feira na hipótese das partes não chegarem a um denominador comum.

A pauta de reivindicações da categoria dos professores encontra-se aberta para votação pelo e-mail comunicacao@sinpes.org.br, onde também devem ser registrada a presença dos que compareceram à assembleia prorrogada por tempo indeterminado, conforme previsão do Edital.

E consiste na suspensão imediata do Edital de Seleção de Professores para Regimes de Trabalho de alteração na remuneração dos professores, bem como da implementação das Unidades Curriculares e construção de acordo coletivo de trabalho no segundo semestre de 2020 em que sejam democraticamente regulamentadas as eventuais mudanças a serem implementadas com a preservação da excelência do ensino e da dignidade das relações de trabalho.

Posicionamento do Grupo Ânima: 

 

“O UNICURITIBA segue aprimorando o seu Ecossistema de Aprendizagem com elementos alinhados às melhores práticas mundiais de ensino superior para manter o seu compromisso com a qualidade e inovação acadêmica, características que estão conectadas ao DNA e história de nossa instituição. Ressaltamos que todas as movimentações realizadas no corpo docente têm como propósito humanizar ainda mais a relação de ensino e aprendizagem e levar educação de qualidade para todos os brasileiros, por meio de um modelo de excelência já consolidado no Brasil e no exterior”.