Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 26 de março de 2019.
 
Salários Atrasados e Postura Patronal Preocupam Docentes

Em Assembleia Geral convocada pelo Sinpes – Sindicato dos Professores de Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana realizada no dia 18.02.2017, os professores da SPEI – Sociedade Paranaense de Ensino e Informática deliberaram:

1) Delegar poderes para Diretoria do Sindicato negociar a forma de pagamento dos salários atrasados já que qualquer negociação direta com os interessados é nula de pleno direito;

2) Submeter a minuta do que for negociado à assembleia geral da categoria a ser realizada no dia 11.03.2017, que aprovará ou rejeitará o ajuste por votação secreta;

3) Manter a categoria mobilizada mediante indicativo de greve, cuja deflagração será discutida na assembleia a ser realizada no dia 11.03.2017 na hipótese do não pagamento do salário de fevereiro até o dia 06.03.2017 e de não haver sido concluída negociação para pagamento dos salários atrasados.

Na oportunidade os professores presentes manifestaram a esperança de solução sensata e pacífica dos problemas trabalhistas que afligem os docentes. Isto porque o grupo econômico que adquiriu a instituição de ensino teria delegado poderes para a solução do problema para docentes que desfrutam da confiança de seus pares.

No dia 21.02.2017, o SINPES enviou Ofício para os Diretores da Instituição de Ensino Spei, com as deliberações discutidas em Assembleia e se colocou à disposição para eventual negociação coletiva, esperançoso de que a impressão dos professores externada em assembleia viabilizasse uma negociação transparente e objetiva entre as partes interessadas.

Para a surpresa do Sinpes, a representante da Instituição que se fazia presente no momento da entrega do Ofício recusou-se ao recebimento do mesmo, exigindo cópia das procurações dos Professores dando poderes ao Sindicato, cópia da Ata de Assembleia e o número de docentes presentes na ocasião. A truculenta postura desmente a boa-fé revelada pelos professores que compareceram à assembleia, sinalizando uma lamentável atitude persecutória.

Em face do engodo constatado, no dia 22.02.2017 o Sindicato enviou à SPEI comunicação das deliberações da Assembleia mediante telegrama com cópia confirmatória de inteiro teor e aviso de recebimento recebido pela Instituição no dia 23/02/2017 às 15h20min e aguarda iniciativa patronal para que seja dado início às negociações.

Para deliberar sobre o impasse verificado o Sinpes (Sindicato dos Professores de Ensino Superior de Curitiba) convoca os professores da SPEI para Assembleia Geral a ser realizada no dia 11 de março de 2017, às 11h00min, no Hotel San Martin, situado à Rua João Negrão, nº 169, Sala San Martin: Térreo. Caso a empregadora insista em não negociar nem pague os salários e FGTS em atraso poderá ser deflagrada greve por tempo indeterminado. Com direito a voz, mas não a voto, são benvindos também os empregados não docentes e os alunos da instituição, sempre solidários com os seus professores.          

Diretoria do Sinpes.