Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 02 de julho de 2020.
 
Reclamações no Unicuritiba

O Sinpes recebeu denúncia contra a atuação de André Luis Gontijo Resende (Pró-Reitor Acadêmico) e Dennys Robson Girardi (Procurador Institucional e Coordenador Geral de Graduação) no âmbito da Unicuritiba.

Segundo relato recebido pelo sindicato, as reclamações têm relação com a decisão sobre a oferta de disciplinas optativas e de extensão. “Dennys é quem decide quais são as disciplinas relevantes para, por exemplo, serem ofertadas como optativas e como extensão. Ocorre que ele não possui competência técnica para palpitar em matérias que fogem ao seu escopo”, destaca a fonte cuja identidade é preservada pelo Sinpes.

Segundo o denunciante, no Unicuritiba foram realizadas obras de expansão sem o devido estudo da demanda (salas e estacionamento). A iniciativa de tais obras seria de responsabilidade de André Gontijo.

A duvidosa estratégia adotada para solucionar esse problema consiste em muitos recursos despendidos em propaganda e vestibular agendado no estilo ‘se não zerar passa’, o que não se coaduna com a tradição dessa instituição de ensino superior!

Gontijo saiu da FAE por volta de 2015 e levou com ele Dennys Girardi. Sua gestão na Associação Franciscana não deixou saudades segundo denúncias à época veiculadas pelo Didata número 35 (que pode ser conferido no link: http://sinpes.org.br/revistaeletronica/edicoes/didata35/index.html), do ano de 2014.

O Sinpes entrou em contato com o Unicuritiba solicitando uma nota de esclarecimento sobre as denúncias trazidas nessa matéria, mas até a publicação do texto a universidade não havia respondido.