Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 07 de abril de 2020.
 
“QUEM SABE FAZ A HORA, NÃO ESPERA ACONTECER”: REUNIÃO VIRTUAL E ASSEMBLEIA GERAL PRESENCIAL/VIRTUAL:

Os professores do ensino superior de Curitiba e Região Metropolitana, reunidos em assembleia geral no dia 14.03.2020 deliberaram pela deflagração de greve geral no dia 18.03.2020, em face da mobilização deflagrada em defesa da democracia e do Estado de Direito. O não comparecimento dos professores neste dia ao trabalho está legitimado pela deliberação dessa assembleia geral.

Tendo em vista a disseminação do Coronavírus, optaram por transmudar a assembleia em reunião por tempo indeterminado, estabelecendo novo encontro presencial/virtual para quarta-feira às 18h00min, a fim de que a categoria delibere sobre o prosseguimento da paralisação por tempo indeterminado, desta feita em face do perigo representado pela continuação das atividades docentes em relação a professores e alunos e à coletividade como um todo.

Por razões jurídicas ficam todos os professores convocados para esse encontro presencial/virtual a ser realizado na sede do sindicato no dia 18.03.2020, quarta-feira e para nova assembleia geral da categoria presencial/virtual que será realizada também às 18h00min de quinta-feira 19.03.2020.

O Sinpes recomenda que compareçam à reunião apenas os integrantes de sua diretoria, conclamando os demais professores a se conectarem com os dois eventos pelo facebook, atendendo recomendações dos estudiosos da matéria no sentido de evitar aglomeração de pessoas.

Eventos já foram cancelados e é notório saber que há casos assintomáticos de contaminação do vírus. Tendo em vista que muitos professores e alunos também tem pais, avós e outros familiares em situação de comorbidades já avaliadas como situação de risco, o SINPES vem registrar que antes dos eventos noticiados promoverá diálogo com o SINEPE, a fim de que aquelas IES que ainda insistem em manter as aulas cessem imediatamente suas atividades.

Vale ressaltar o caso da Itália. Só na Lombardia, os casos assintomáticos se transformaram em casos confirmados em menos de uma semana dos registros oficiais. A hora é agora. Precisamos e devemos deixar as diferenças de lado e tomar a decisão pelo coletivo. Não é hora de atitudes autoritárias de administradores de instituições de ensinos que só pensam nos seus polpudos lucros, mas, sim, de atitudes estratégicas e emergenciais pela saúde coletiva.

O SINPES se mostra preocupado com a irresponsabilidade dos dirigentes das IES que insistem em manter as aulas e ainda fazem menção irresponsável aos motivos de suspensão das universidades federais, que estão seguindo os protocolos internacionais. Vale lembrar que, na maioria das universidades, há casos de alunos e professores estrangeiros e/ou que viajaram para o exterior e outras regiões do país onde já se registram casos de contaminação comunitária.

Além de repudiar a atitude dos dirigentes de IES privadas de Curitiba que ou ainda não se pronunciaram ou adotaram medidas protelatórios para a suspensão das aulas, o SINPES convoca todos e todas as docentes para os dois eventos acima noticiados,  que serão transmitidos ao vivo na página do Sinpes no Facebook no seguinte endereço eletrônico: www.facebook.com/SINPES-Sindicato-dos-Professores-de-Ensino-Superior para decidir sobre greve por tempo indeterminado, em defesa da saúde de docentes, estudantes e familiares.

Na ocasião os professores poderão votar por meio dos comentários da live e aqueles que não quiserem se identificar podem consignar seus pontos de vista (sem valor jurídico de votação) por meio do whatsapp (41) 99509-1915.

O SINEPE será comunicado hoje, 16.03.2019 da deliberação da greve geral deliberada para o dia 18.03.2020, bem como convocado para reunião acerca da pretensão da categoria de prosseguir em greve por tempo indeterminado. Serão também negociadas a reposição das aulas e o não desconto nos salários das faltas decorrentes de caso fortuito/força maior

Direção do Sinpes