Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 15 de junho de 2019.
 
PUC – Saiba mais sobre o TACH – Termo de Ajuste de Carga Horária

“KIT COAÇÃO”

Depois de bancar a despedida de dezenas de professores garimpados cuidadosamente dentre os mais antigos (e mais caros) e aqueles com senso crítico mais aguçado a PUC/PR dá prosseguimento à sua política de concentração de renda sem precedentes acentuando arbitrárias reduções na carga horária.

 Com as guilhotinas ainda fumegando a Pró Reitoria de Graduação encaminha circular atazanando a vida dos professores que mantiveram a duras penas o seu emprego (na íntegra no verso) “informando” que os mesmos têm até o dia 21 de março de 2016 para assinarem o “TACH – TERMO DE AJUSTE DE CARGA HORÁRIA”, sob pena de verem suprimidos (!!!) “os pagamentos das horas não letivas”.

Este suposto “acordo” na verdade é constituído por um conjunto de “pegadinhas” voltadas para maquiar as verdadeiras razões das sucessivas reduções de carga horária sofridas. Situações consolidadas desde há muito são reputadas “eventuais” ou “temporárias”; pedidos de redução são extorquidos dos professores sob a ameaça de demissão sumária por Diretores de Curso mais realistas que o rei, preocupados com a sanha de “regularizar” as reduções a todo custo; horas não letivas são eliminadas sob o pretexto de “junção” de turmas! E assim por diante!

Nesta quadra de terror porque passam os professores da PUC não há como resistir nem negociar isoladamente. Por isso todos aqueles que se sentirem coagidos com as arbitrariedades sofridas estampadas no TACH devem guardar cópia física de seus holerites e fazer declaração detalhada neste sentido com reconhecimento de firma em Cartório, de sorte a comprovar oportunamente que a indignação é contemporânea às arbitrariedades sofridas. Devem também guardar este informativo e principalmente a circular emitida pela Pró Reitoria de Graduação (transcrita na íntegra no verso). Ali a coação e a intimidação resplandecem causando espécie a ousadia em forçar os professores a entabularem “acordo” que tem como alternativa a supressão das poucas aulas que ainda lhes restam.

Utilizando-se da réstia de diálogo que ainda existe entre os órgãos diretivos da PUC/PR e o SINPES e de posse da carga horária dos professores a partir do segundo semestre de 2014, o SINPES pretende solicitar os “TACHs” assinados por todos que tiveram sua carga horária reduzida buscando a reversão de cada uma das reduções arbitrárias.

A expectativa de reverter as arbitrariedades na mesa de negociações é remota, em face da postura adotada mais recentemente pela PUC ora despedindo professores experientes que faziam a diferença nos cursos em que lecionavam; ora estabelecendo a antipática e desnecessária cobrança de estacionamento dos alunos; ora sustentando a validade da distribuição de gratificações milionárias aos seus dirigentes.

Diretoria do Sinpes.

TRANSCRIÇÃO IPSIS LITTERIS DO “COMUNICADO IMPORTANTE SOBRE TACH”, EXPEDIDO PELA PRO REITORIA ACADÊMICA NA PRIMEIRA SEMANA DE MARÇO DE 2016 – DOCUMENTO IMPRESCINDÍVEL NO SEU “KIT COAÇÃO”:

puc-tach