Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 16 de junho de 2019.
 
PUC Imputa Faltas Gravíssimas aos Professores Afastados

Todos os professores afastados (até o Professor Perrini, que rescindiu indiretamente seu contrato de trabalho) foram oficialmente suspensos agora sob a imputação de gravíssimas faltas graves. As comunicações são idênticas para todos:

puc-faltas-gravissimas

Eis o que diz a CLT sobre a conduta atribuída aos professores:

Art. 482 – Constituem justa causa para rescisão do contrato de trabalho pelo empregador:

  1. a) ato de improbidade;
  2. b) incontinência de conduta ou mau procedimento…
  3. h) ato de indisciplina ou de insubordinação;
  4. k) ato lesivo da honra ou da boa fama ou ofensas físicas praticadas contra o empregador e superiores hierárquicos, salvo em caso de legítima defesa, própria ou de outrem;

COM A PALAVRA PAPA FRANCISCO:

“O NOSSO POVO PERDOA MUITOS DEFEITOS NOS PADRES, EXCETO O DE SEREM AGARRADOS AO DINHEIRO”.

Na terceira meditação dessa tarde o Papa Francisco refletiu sobre as obras de misericórdia na sua dimensão social, no amor pelos pobres, na postura do sacerdote no confessionário.

Dessa vez a meditação foi na Basílica São Paulo fora-dos-muros.

Perdão

“O nosso povo perdoa muitos defeitos nos padres, exceto o de serem agarrados ao dinheiro. E não é tanto pela riqueza em si, mas porque o dinheiro nos faz perder a riqueza da misericórdia. O nosso povo pressente os pecados que são graves para o pastor, que matam o seu ministério porque o transformam num funcionário ou, pior, num mercenário, e, diversamente, os pecados que são, não diria secundários, mas possíveis de suportar, carregar como uma cruz, até que o Senhor finalmente os purifique, como fará com a cizânia. Ao contrário, o que atenta contra a misericórdia é uma contradição principal: atenta contra o dinamismo da salvação, contra Cristo que «Se fez pobre para nos enriquecer com a sua pobreza”.

DICIONÁRIO HOUAISS:

IMPROBIDADE = 1. ausência de probidade; desonestidade; 2. ação má, perversa; maldade, perversidade.

INCONTINÊNCIA = 1. falta de comedimento nos gestos, palavras, atos, sentimentos etc.; imoderação, descomedimento, intemperança – ‹ i. afetiva › ‹ i. verbal › 2. falta de continência, de comedimento nos prazeres sexuais; luxúria, sensualidade, impudicícia…

INDISCIPLINA = 1. falta de disciplina; desobediência, insubordinação, rebeldia ‹ comportamento marcado pela i. › 1.1. violação de regras ou ordens impostas pelo empregador ou por seus prepostos, podendo ser justificativa para a demissão do trabalhador por justa causa; insubordinação.