Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 26 de fevereiro de 2021.
 
Professores e professoras precisam ser incluídos na segunda fase da vacinação

No último dia 20/01 a Secretaria de Estado da Saúde (SESA) começou a vacinação contra a Covid-19 no estado do Paraná. A princípio, as 265 mil doses devem atender apenas parcialmente os grupos prioritários. O Plano Estadual de Vacinação anunciado pelo Governo do Paraná segue a definição de grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde (MS). E o Ministério da Saúde, por sua vez, ao contrário do que havia sido prometido pelo Ministério da Educação (MEC), deixou os professores de fora da segunda fase do Plano de Imunização. Ou seja, segundo a política de Bolsonaro e Ratinho Júnior professores e professoras da rede pública e privada não correm alto risco de se contaminar, mesmo lecionando em turmas com mais de 30 alunos e também não representam alto risco de transmissão, mesmo tendo contato com centenas de estudantes diariamente caso as aulas presenciais sejam retomadas já no próximo mês.
O Sindicato dos Professores de Ensino Superior Privado – SINPES se posiciona no sentido de que os professores e professoras devem ser incluídos na segunda fase de vacinação, sem desmerecer a necessidade da vacinação em breve também dos alunos. Estes profissionais, cujo trabalho presencial deve voltar em breve, estarão expostos sim à doença já que lecionarão na presença de centenas de estudantes todos os dias. A vacinação destes trabalhadores, reforça o Sinpes, deve ser também condição para o retorno das aulas presenciais.