Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 28 de outubro de 2020.
 
Professoras e professores da Universidade Positivo podem votar encaminhamentos definidos em reunião online
Na tarde desta segunda feira (06/07) o Sinpes realizou uma reunião online com professoras, professores, alunas e alunos da Universidade Positivo para debater os diversos problemas que a Cruzeiro do Sul Educacional, grupo que adquiriu a universidade no final de 2019, tem imposto a educadores e estudantes.
 
Os presentes expressaram seu descontentamento e apreensão diante das recentes demissões, da redução de carga horária, do fim de projetos e cursos de extensão e do crescimento considerável de cursos EAD que tem suprimido os presenciais.
 
Assim, ficou definido que os professores e professoras da UP podem votar até as 12 h de 07/07/2020 nos seguintes encaminhamentos definidos na reunião:
PROPOSTA:
 
1. Convidar a UP para negociar e celebrar ACT, no qual constem, dentre outras reivindicações a serem acrescidas em assembleia geral convocada para votar pauta de reivindicações (na hipótese de haver receptividade patronal para a celebração de ACT):
a) Cláusulas de transparência e direito de informação sindical na UP. Entre elas: Informações completas de quem foi demitido; informações completas de reduções de carga horária e diminuição salarial; obrigatoriedade do empregador fornecer e-mails dos professores (pois o Sinpes os representa conforme CF, artigo 8º);
b) Compromisso de que coordenadores e chefes de projetos abstenham-se de fazer qualquer fala que possa configurar constrangimento à atuação sindical e à liberdade dos professores em grupos de Whatsapp.
c) Garantias trabalhistas contra reduções de carga horária fora das hipóteses ajustadas em convenção coletiva de trabalho, contra despedidas coletivas e em caso de necessidade de se promover despedida coletiva, de indenização adicional às verbas rescisórias;
d) Obrigatoriedade de restabelecimento do pagamento imediato de adicional noturno para os professores que lecionam em horários após 22h00min.
1.1 – Em caso de recusa de se estabelecer o compromisso aduzido no item 1.A a diretoria do Sinpes estudará a possibilidade e viabilidade de ajuizar ação de exibição de documentos.
2. Simultaneamente ao postulado no item 1, encaminhamento imediato de ofício ao Ministério Público do Trabalho solicitando MEDIAÇÃO.
3. Convocação das lideranças estudantis para reunião de mobilização a fim de traçar estratégias comuns contra a precarização do ensino e das condições de trabalho.
PROPOSTA II:
Gostaria que o Sinpes convoque assembleia geral oficial para que seja discutida a possibilidade de se deflagrar greve por tempo indeterminado como forma de pressão contra rescisões em massa e contra redução generalizada de carga horária.
As professoras e professores podem votar até as 16h desta terça feira (07/07), prazo ampliado tendo em vista não terem sido divulgadas ontem as propostas a serem votadas por problemas técnicos, conforme informado na assembleia.
A votação deverá ser dirigida ao e-mail para o e-mail: comunicacao@sinpes.org.br por proposta acima apresentada, da seguinte maneira, para que não haja dúvidas acerca do posicionamento do professor em relação a cada uma das situações acima descritas, da seguinte maneira:
 
PROPOSTA I: Sim, Não ou Abstenção;
Proposta II: Sim, Não ou Abstenção.