Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 20 de junho de 2024.
 
Positivo: Descontentamento Generalizado

21/06/2023

Existe um crescente descontentamento entre professores e professoras da Universidade Positivo com valores relacionados à hora/aula e também com as políticas de distribuição de horas de pesquisa. É isso que informam denúncias encaminhadas ao Sinpes por fontes que pedem sigilo sobre suas identidades.

Conforme as denúncias, alguns professores/as com título de doutor, quando contratados pela Cruzeiro do Sul, foram enquadrados na posição de Professor Assistente-1, recebendo um valor de hora/aula que, após descontos, gira em torno de R$ 35.

Além disso, a universidade há muito tempo não cumpre seu próprio plano de carreira sob o pretexto de falta de dotação orçamentária e não existem informações sobre possibilidade de progressão do corpo docente.

Também, segundo os denunciantes, a política de distribuição de “horas de pesquisa”, especialmente os Programas de Iniciação Científicas (PIC’s) não as atribui a professores com Doutorado e experiência em pesquisa.

Ainda, as horas de pesquisa e aquelas destinadas a orientação de trabalhos de conclusão de curso bem como de permanência em geral são pagas em valor menor do que as horas de sala de aula. Inúmeras decisões da Justiça do Trabalho têm deferido diferenças salariais daí decorrentes em resposta a um inusitado pedido docente de equiparação consigo mesmo.

A propósito dessa defasagem salarial o Sinpes está preparando ação na qualidade de substituto processual voltada para condenar o grupo Cruzeiro do Sul a pagar as diferenças salariais daí decorrentes.

O Sinpes entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da Cruzeiro do Sul solicitando uma nota de esclarecimento sobre as denúncias trazidas neste texto. Mas até a publicação do mesmo a universidade não tinha respondido.