Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 03 de agosto de 2020.
 
NOTA DE REPÚDIO E CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA DE GREVE

 

O SINPES vem a público em nome de professores e professoras das universidades particulares de Curitiba, seus familiares e estudantes repudiar a decisão tomada hoje em manter as aulas depois do crescente número de casos registrados e das recomendações internacionais para a pandemia anunciada.

Eventos já foram cancelados e é notório saber que há casos assintomáticos de contaminação do vírus. Tendo em vista que muitos professores e alunos também tem pais, avós e outros familiares em situação de comorbidades já avaliadas como situação de risco, o SINPES vem registrar a tentativa de diálogo com a direção das IES que, ainda, insistem em manter as aulas.

Vale ressaltar o caso da Itália. Só na Lombardia, os casos assintomáticos se transformaram em casos confirmados em menos de uma semana dos registros oficiais. A hora é agora. Precisamos e devemos deixar as diferenças de lado e tomar a decisão pelo coletivo. Não é hora de atitudes egocêntricas, mas, sim, atitudes estratégicas e emergenciais pela saúde coletiva.

O SINPES se mostra preocupado com a irresponsabilidade dos dirigentes das IES que insistem em manter as aulas e ainda fazem menção irresponsável aos motivos de suspensão das universidades federais, que estão seguindo os protocolos internacionais. Vale lembrar que, na maioria das universidades, há casos de alunos e professores estrangeiros e/ou que viajaram para o exterior e outras regiões do país onde já se registram casos de contaminação comunitária.

Além de repudiar a atitude dos dirigentes de IES privadas de Curitiba, o SINPES convoca todos e todas as docentes para assembleia extraordinária, na próxima quarta-feira, dia 18 de março, às 9h, no SINPES (Rua Marechal Deodoro, n. 869, sexto andar), para decidir sobre greve por tempo indeterminado, em defesa da saúde de docentes, estudantes e familiares.

Em Curitiba, 15 de março de 2020
Direção do SINPES.