Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 05 de julho de 2020.
 
Conheça um pouco da história dos quatro professores beneficiados com a reintegração no quadro da PUC

Na foto: Edna Beronheiro e Evandro Limongi 

Além de reassumirem as aulas, os professores deverão receber os salários relativos a todo o longo período de afastamento.

Nos casos que ainda pende recurso contra a reintegração, o SINPES protocolará pedido para que seja reconhecida a desistência tácita do recurso no que se refere à reintegração em face da iniciativa patronal de antecipar o cumprimento da determinação judicial.

A professora Edna Beronheiro lecionou para PUCPR entre 1995 e 2005. Trabalhou inicialmente para desempenhar as funções de Técnica Nível Superior e Coordenadora do Laboratório de Análises Ambientais vinculado ao Instituto de Saneamento Ambiental da reclamada (ISAM/PUCPR). No ano de 2002 com a criação do Curso de Graduação em Engenharia Ambiental passou a exercer a atividade docente concomitantemente com outras funções. Edna Beronheiro tem graduação em Bacharelado de Licenciatura em Ciências Químicas pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de São Bernardo do Campo (1986); especialização MBA em Sistema de Gestão Ambiental pela PUCPR e mestrado em Engenharia e Ciências dos Materiais no Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Engenharia da Universidade Federal do Paraná. É Consultora em Implantação de Sistema Integrado de Gestão e auditora Ambiental. Além disso, a professora tem experiência na área de Química, com ênfase em Análise de Traços e Química Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: lodo aeróbio, lodo de esgoto, solo agrícola, calagem e eficiência da calagem, emissões atmosféricas, recuperação de áreas degradadas.

O professor Evandro Limongi Marques de Abreu foi admitido em 1991 para lecionar no curso de Direito da PUC. Foi abruptamente demitido 14 anos depois em 2005. É Mestre em Direito Econômico e Social pela PUC-PR, com conclusão em 2002. Conceituado advogado criminalista é especializado em Direito Processual Penal pela PUC; em Direito Processual Civil pelo Instituto Brasileiro de Estudos Jurídicos Faculdades Positivo; em MBA em Gestão do Conhecimento na Educação Superior pela Faculdade Dom Bosco e concluir Aperfeiçoamento em Princípios Fundamentais da Psicanálise também pela PUC-PR. É também autor do livro “O Meio Urbano Ante a Criminalidade Violenta” (2011). Como docente tem grande experiência em Processo Penal, supervisão de estágios e preparo de júris simulados e reais.

A professora Elizabeth Rocha Krüger possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e graduação em Administração de Empresas pelo Instituto de Ciências Sociais do Paraná (Fesp). É Pós-Graduada em Formação de Professores em EAD pela Universidade Federal do Paraná e tem Mestrado em Educação pela PUC-PR (2006). Foi professora convidada na Pós-Graduação da Faculdade de Ensino Superior do Paraná, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, do Instituto DIDATUS de Pós-Graduação e da ABC in Company. A professora Elizabeth começou a dar aulas na PUC em 2002. Foi coordenadora de curso de Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Pessoas e Coordenadora do curso de Administração da Faculdade Modelo. Também foi docente na Graduação da Faculdade Padre João Bagozzi e da Faculdade de Educação Superior do Paraná e consultora associada da El-Kouba Consultores Associados. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração de Pessoas, atuando principalmente nos seguintes temas: diagnóstico organizacional, desenvolvimento de gestores, avaliação de competências, desenvolvimento de competências, liderança, qualidade de vida no trabalho, treinamento, comunicação, educação corporativa e formação continuada. Foi arbitrariamente demitida da PUC-PR no ano de 2007.

Mirian Carnasicalli possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1981) e mestrado em Educação – Gestão, pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1998). Atualmente é professora do Instituto Superior de Administração e Economia na Fundação Getúlio Vargas. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Organizacional, Aplicada, do Trabalho, Social, Educacional e Clínica, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão, administração de RH, qualidade, trabalho, social, pessoas, psicologia, comunicação e design e metodologia da pesquisa científica. Também desenvolve trabalhos de orientação e desenvolvimento de pesquisas científicas.

Todos foram demitidos arbitrariamente pela PUCPR e agora retomam por determinação judicial suas promissoras carreiras docentes ceifadas precocemente. Em todo os casos por decisão judicial foram garantidos aos docentes salários e todos os demais direitos a que fizeram jus no período de afastamento compulsório como se trabalhando estivessem.