Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana
Portal do SINPES.
Sejam bem-vindos!
Curitiba, 26 de março de 2019.
 
ASSEMBLEIA DE PROFESSORES DA FACEL DEFLAGRA GREVE POR TEMPO INDETERMINADO

Em observância à decisão assemblear do dia 09/03, professores da FACEL, com apoio de representantes do corpo discente, deflagram greve à referida Instituição e Ensino em função da inadimplência salarial acumulada. Segue abaixo, na íntegra, a referida notificação encaminhada e protocolada:

“EXMOS. DIRETORES DA FACEL – ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DAS IGREJAS EVANGÉLICAS ASSEMBLEIA DE DEUS NO ESTADO DO PARANÁ:

SINPES – Sindicato dos Professores de Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana serve-se do presente para comunicar que a assembleia geral dos professores regularmente reunida no dia 09.03.2019 às 11h30min deliberou pela deflagração de greve por tempo indeterminado a partir de quinta-feira dia 14/03.

A decisão contou com o apoio da unanimidade dos professores presentes em vista a retomada do controle da administração por parte da mantenedora com o apoio de um suposto investidor sem que nenhum cronograma de pagamento de salários atrasados fosse apresentado ao corpo docente, apesar das insistentes solicitações dos professores da FACEL e de seu respectivo sindicato, o SINPES.

À guisa de pauta de reivindicações aprovada pelos docentes presentes, o Sinpes apresenta como quesito único:

– Pagamento integral dos salários e do FGTS em atraso ou retorno imediato da Intervenção Judicial designada pela Justiça do Trabalho com implantação de administração colegiada através do Administrador Judicial, da Comunidade Acadêmica e do SINPES e aperfeiçoamento do Plano de Administração apresentado pelo Administrador Judicial.

Cordialmente, subscreve-se, colocando-se à disposição para o prosseguimento das negociações coletivas que se fazem prementes, observando que a Assembleia Geral convocada foi prorrogada por tempo indeterminado com reunião já agendada para o próximo sábado às 11h30min, oportunidade em que será analisada a posição da empregadora em face do movimento paredista desencadeado.

Curitiba, 11 de março de 2019.

Valdyr Perrini
Presidente”